Merck Sharp & Dohme - Portugal
MSD Portugal Publicacoes MSD
Pesquisa
IntroduçãoAjuda


Imprimir Enviar Artigo

Vesícula biliar e vias biliares


A bílis flui para fora do fígado através dos canais hepáticos direito e esquerdo, os quais confluem para formar o canal hepático comum. Este canal une-se depois a outro proveniente da vesícula biliar, chamado canal cístico, para formar o canal biliar comum. O canal pancreático liga-se ao canal biliar comum justamente quando este se lança no duodeno.

Entre as refeições, os sais biliares são concentrados na vesícula biliar e somente uma pequena quantidade de bílis flui desde o fígado. Quando os alimentos penetram no duodeno é desencadeada uma série de sinais nervosos e hormonais que provocam a contracção da vesícula. Como resultado, a bílis chega ao duodeno e mistura-se com o conteúdo alimentar. A bílis tem duas funções importantes: ajuda a digestão e a absorção das gorduras e é responsável pela eliminação de certos produtos residuais do corpo (particularmente a hemoglobina dos glóbulos vermelhos destruídos e o excesso de colesterol). A bílis é especificamente responsável pelas seguintes acções:

  • O sais biliares aumentam a solubilidade do colesterol, das gorduras e das vitaminas lipossolúveis para facilitar a sua absorção.
  • Os sais biliares estimulam a secreção de água pelo intestino grosso para facilitar o avanço do conteúdo intestinal.
  • Pela bílis são excretadas várias proteínas que desempenham um papel importante na função biliar.
  • A bilirrubina (o pigmento principal da bílis) é excretada na bílis como produto residual dos glóbulos destruídos.
  • Os fármacos e outros produtos residuais são excretados pela bílis e, mais tarde, são eliminados do organismo.

Os sais biliares são reabsorvidos no intestino delgado, são captados pelo fígado e novamente segregados pela bílis. Esta recirculação dos sais biliares é conhecida como circulação entero-hepática. Todos os sais biliares do organismo recirculam 10 ou 12 vezes por dia. Em cada passagem, uma pequena quantidade deles alcança o cólon, onde as bactérias os dividem em vários dos seus componentes. Alguns destes componentes são reabsorvidos; o resto é excretado com as fezes.

Aparelho digestivo

 



Política de Privacidade Termos de Utilizaçao Direitos Reservados © 2006 MERCK SHARP & DOHME PORTUGAL Merck & CO., (USA)