Merck Sharp & Dohme - Portugal
MSD Portugal Publicacoes MSD
Pesquisa
IntroduçãoAjuda


Imprimir Enviar Artigo

Uretrite


A uretrite é uma infecção da uretra, o canal que leva a urina desde a bexiga ao exterior do corpo.

A uretrite pode ser causada por bactérias, fungos ou vírus. Nas mulheres, os microrganismos geralmente deslocam-se para a uretra desde a vagina. Na maior parte dos casos, as bactérias chegam do intestino grosso e alcançam a vagina a partir do ânus. Os homens são muito menos propensos a desenvolver uretrite. Os microrganismos transmitidos por via sexual, como a Neisseria gonorrhoeae, que causa a gonorreia, (Ver secção 3, capítulo 19), alcançam a vagina ou o pénis durante um acto sexual com uma pessoa infectada e podem-se estender à uretra. O microrganismo gonococo é a causa mais frequente de uretrite nos homens. Este microrganismo pode infectar a uretra nas mulheres, mas a vagina, o colo uterino, o útero, os ovários e as trompas de Falópio têm maior probabilidade de ser infectados. A clamídia e o vírus do herpes simples também se podem transmitir sexualmente e provocar uretrite.

Uretrite
A uretrite é a inflamação ao longo do canal uretral.

Sintomas

Nos homens, a uretrite em geral começa com uma secreção purulenta da uretra, quando a causa é o microrganismo gonococo, ou com um exsudado mucoso quando se trata de outros microrganismos. Outros sintomas de uretrite são dor durante a micção e uma frequente e urgente necessidade de urinar. Uma infecção da vagina pode provocar dor durante a micção à medida que a urina, que é ácida, passa por cima dos lábios inflamados.

Uma infecção da uretra por gonococo não tratada, ou tratada de maneira não apropriada, pode causar a longo prazo um estreitamento (estenose) da uretra. A estenose aumenta o risco de produção de uma uretrite mais aguda e, por vezes, a formação de um abcesso (Ver secção 17, capítulo 175) em volta da uretra. O abcesso pode produzir abaulamentos da parede uretral (divertículos na uretra) que também se podem infectar. Se o abcesso perfurar a pele, a urina poderá fluir através do novo canal formado (fístula uretral).

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico de uretrite em geral faz-se considerando apenas os sintomas. Colhe-se uma amostra (zaragatoa e esfregaço uretral) da supuração, se existir, e envia-se para o laboratório para análise, a fim de identificar o organismo infeccioso.
O tratamento depende da causa da infecção. Caso se trate de uma infecção bacteriana, administram-se antibióticos. Uma infecção causada pelo vírus do herpes simples pode ser tratada com um medicamento antiviral, como o aciclovir.




Factores que contribuem para as infecções do tracto urinário provocadas por bactérias
Infecções ascendentes
Obstrução (por exemplo, por cálculos) em qualquer ponto do tracto urinário.
Funcionamento anómalo da bexiga que impede um esvaziamento apropriado, tal como acontece nas doenças neurológicas.
Permeabilidade da válvula entre o ureter e a bexiga, permitindo que a urina e as bactérias fluam para trás da bexiga, alcançando possivelmente os rins.
Inserção de um cateter urinário ou de um instrumento, realizada por um médico.
Infecções do sangue observadas no nascimento
Infecção na corrente sanguínea (septicemia).
Infecção das válvulas cardíacas (endocardite infecciosa).


Política de Privacidade Termos de Utilizaçao Direitos Reservados © 2006 MERCK SHARP & DOHME PORTUGAL Merck & CO., (USA)