Merck Sharp & Dohme - Portugal
MSD Portugal Publicacoes MSD
Pesquisa
IntroduçãoAjuda


Imprimir Enviar Artigo

Infecções bacterianas da pele


A pele representa uma barreira consideravelmente eficaz contra as infecções bacterianas. Apesar de viverem sobre a pele muitas bactérias, normalmente são incapazes de provocar uma infecção. As infecções bacterianas da pele podem afectar uma só zona e ter o aspecto de uma borbulha ou então propagar-se em algumas horas e afectar uma área muito mais extensa. As infecções cutâneas podem apresentar um grau de gravidade variável, desde um acne sem importância até uma doença potencialmente mortal, como a síndroma da pele escaldada provocada por estafilococos.

Muitos tipos de bactérias podem infectar a pele. Os mais frequentes são os Staphylococcus e os Streptococcus. Nos hospitais ou nos lares podem surgir infecções causadas por bactérias menos comuns, tal como quando se fazem trabalhos de jardinagem ou se nada numa piscina, num lago ou no mar.

Algumas pessoas manifestam um risco específico de contrair infecções da pele: por exemplo, os diabéticos, que possuem uma irrigação cutânea reduzida, em especial a das mãos e dos pés, e os doentes de SIDA, que apresentam um sistema imunológico deprimido. A pele danificada pelos raios solares, pelas arranhadelas ou por outra irritação também tem mais possibilidades de se infectar. De facto, qualquer lesão na pele torna uma pessoa susceptível de sofrer uma infecção.

Normalmente, manter a pele intacta e limpa evita as infecções. Quando a pele sofre um corte ou um arranhão, lavar a zona com água e sabão ajuda a evitar uma infecção. Embora a maioria dos cremes e dos unguentos com antibióticos sejam pouco eficazes para prevenir ou tratar as infecções cutâneas, alguns cremes mais recentes, como a mupirocina, são eficazes em certos casos. Os banhos quentes podem aumentar o afluxo de sangue à zona infectada e ajudar a curar uma infecção confinada a uma área reduzida. Se a infecção se propagar, devem ser tomados antibióticos, quer por via oral, quer por meio de injecções.



Política de Privacidade Termos de Utilizaçao Direitos Reservados © 2006 MERCK SHARP & DOHME PORTUGAL Merck & CO., (USA)