Merck Sharp & Dohme - Portugal
MSD Portugal Publicacoes MSD
Pesquisa
IntroduçãoAjuda


Imprimir Enviar Artigo

Foliculite, furúnculos e antrazes


A foliculite é uma inflamação dos folículos pilosos causada por uma infecção por Staphylococcus.

Nos folículos pilosos forma-se uma pequena quantidade de pus, que faz com que se irritem e tornem vermelhos. A infecção danifica os pêlos, os quais se podem arrancar facilmente. A foliculite tem tendência a tornar-se crónica nos sítios em que os folículos pilosos se encontram profundamente enraizados na pele, como na zona da barba. Os pêlos rígidos podem curvar-se e penetrar na pele, provocando irritação, embora não exista uma infecção importante.

Os furúnculos são áreas grandes, dolorosas, inflamadas e salientes originadas por uma infecção por estafilococos à volta dos folículos pilosos.

O mais frequente é aparecerem no pescoço, nas mamas, na cara e nas nádegas e são particularmente dolorosos quando se formam em redor do nariz, das orelhas ou nos dedos. Os furúnculos têm frequentemente pus no centro. Regra geral, expulsam um exsudado esbranquiçado, ligeiramente sanguinolento. Em algumas pessoas formam-se furúnculos incómodos e recorrentes (furunculose) e podem-se verificar epidemias entre os adolescentes que vivem em bairros degradados e carecem de uma higiene apropriada.

Os antrazes são grupos de furúnculos que provocam grandes escaras na pele e, no fim, cicatrizes.

Os antrazes desenvolvem-se e curam-se mais lentamente que os furúnculos isolados e podem ser acompanhados de febre e de cansaço, já que representam uma infecção mais grave. Aparecem com maior frequência nos homens e mais frequentemente na parte posterior do pescoço. Os idosos, os diabéticos e quem sofre de doenças graves são mais propensos a ter antrazes.

Tratamento

Manter a pele limpa, de preferência com um sabão líquido que contenha um agente antibacteriano, é a melhor forma de evitar o contágio destas infecções. O calor húmido favorece a acumulação de pus e pode fazer com que um furúnculo exsude espontaneamente. Quando aparece um furúnculo perto do nariz, os médicos costumam tratá-lo com antibióticos porque a infecção pode propagar-se rapidamente em direcção ao cérebro. Quando surgem furúnculos ou antrazes, costuma-se colher uma amostra de pus para análise no laboratório e administram-se antibióticos orais. Quem apresenta furúnculos recorrentes pode precisar de antibióticos durante meses ou até anos.



Política de Privacidade Termos de Utilizaçao Direitos Reservados © 2006 MERCK SHARP & DOHME PORTUGAL Merck & CO., (USA)