Merck Sharp & Dohme - Portugal
MSD Portugal Publicacoes MSD
Pesquisa
IntroduçãoAjuda


Imprimir Enviar Artigo

Garganta


A garganta (faringe) localiza-se por trás da boca, abaixo da cavidade nasal e por cima do esófago e da traqueia. É formada por uma parte superior (nasofaringe), uma parte média (orofaringe) e uma parte inferior (laringofaringe). A garganta é um canal muscular através do qual os alimentos são transportados até ao esófago e o ar chega aos pulmões. Tal como o nariz e a boca, a garganta é revestida por uma membrana mucosa composta por células que segregam muco e que têm projecções, filamentos semelhantes às pestanas. As partículas de pó retidas no muco são transportadas por estas projecções para o esófago e depois engolidas.

As amígdalas encontram-se na parte posterior da boca e as adenóides na parte posterior da cavidade nasal. As amígdalas e as adenóides são formadas por tecido linfático e ajudam a combater as infecções. São de maior volume durante a infância e tornam-se gradualmente mais pequenas com o passar dos anos.

Na parte superior da traqueia encontra-se a caixa da voz (laringe), que contém as cordas vocais e é responsável pela produção dos sons utilizados para falar. Quando se relaxam, as cordas vocais formam uma abertura em forma de V, pela qual o ar pode passar livremente. Quando se contraem, vibram, gerando sons que a língua, o nariz e a boca podem modificar para produzir as palavras.

A epiglote, um opérculo composto principalmente de cartilagem, está localizada por cima e à frente da laringe. Durante o acto de engolir, a epiglote fecha-se para evitar que os alimentos e os líquidos entrem na traqueia.



Política de Privacidade Termos de Utilizaçao Direitos Reservados © 2006 MERCK SHARP & DOHME PORTUGAL Merck & CO., (USA)