Merck Sharp & Dohme - Portugal
MSD Portugal Publicacoes MSD
Pesquisa
IntroduçãoAjuda


Imprimir Enviar Artigo

Pólipos nasais


Os pólipos nasais são formações carnudas da membrana mucosa nasal.

As pessoas que sofrem de alergias que afectam o nariz (rinite alérgica) têm tendência para ter pólipos nasais. Os pólipos também podem formar-se durante infecções e desaparecer uma vez que esta diminua de intensidade. Os pólipos costumam crescer nas áreas onde a membrana mucosa se inflamou devido a uma acumulação de líquido, como na zona que rodeia as aberturas dos seios dentro da cavidade nasal. Enquanto se está a desenvolver, o pólipo assemelha-se a uma lágrima e quando está maduro parece-se com uma uva pelada sem grainha.

O uso de um aerossol nasal com corticosteróides em certos casos diminui o tamanho dos pólipos ou elimina-os.

Se os pólipos obstruírem o canal respiratório, é necessário recorrer à cirurgia. O mesmo se passa se causarem infecções nos seios ao obstruírem a sua drenagem ou se estiverem associados a tumores. Os pólipos voltam a crescer, a menos que a alergia ou a infecção subjacente seja controlada, mas o uso de um aerossol com corticosteróides pode atrasar ou evitar a recidiva. Nos casos graves e recorrentes, recorre-se à cirurgia para melhorar a drenagem e eliminar o material infectado.

Formação de pólipos no nariz

Normalmente formam-se pólipos na zona em que os seios perinasais se abrem dentro da cavidade nasal, os quais podem obstruir a drenagem dos mesmos. É possível que se acumule líquido dentro dos seios perinasais obstruídos e se verifique uma infecção.



Política de Privacidade Termos de Utilizaçao Direitos Reservados © 2006 MERCK SHARP & DOHME PORTUGAL Merck & CO., (USA)