Merck Sharp & Dohme - Portugal
MSD Portugal Publicacoes MSD
Pesquisa
IntroduçãoAjuda


Imprimir Enviar Artigo

Complicações do parto


Pela sua própria natureza, o parto e nascimento provocam nervosismo e ansiedade, mesmo que não surjam problemas. Uma mulher grávida pode reduzir a sua ansiedade e melhorar as probabilidades de ter um final de gravidez adequado, estabelecendo uma boa relação com o seu médico ou com a parteira.

Os principais problemas do parto têm a ver com o tempo e com a ordem que cada fase requer. O parto pode não começar quando as membranas que contêm o feto se rompem (rompimento prematuro das membranas) ou então pode começar antes da 37.ª semana de gravidez (parto pré-termo) ou mais de duas semanas depois da data prevista para o parto (gravidez pós-termo). Também podem ser problemas acrescidos as afecções clínicas da mãe ou do feto, um desenvolvimento lento do parto ou uma posição anormal do feto. Outros sinais de perigo incluem uma excessiva hemorragia vaginal (Ver secção 22, capítulo 249) e uma frequência cardíaca anormal do feto. Os problemas graves são relativamente raros e, muitas vezes, podem ser previstos, mas alguns podem surgir inesperada e repentinamente. Devem, de preferência, ser detectados com antecedência para se poder aplicar o tratamento mais apropriado e assim garantir um final feliz.



Política de Privacidade Termos de Utilizaçao Direitos Reservados © 2006 MERCK SHARP & DOHME PORTUGAL Merck & CO., (USA)