Merck Sharp & Dohme - Portugal
MSD Portugal Publicacoes MSD
Pesquisa
IntroduçãoAjuda


Imprimir Enviar Artigo

Pneumonia causada por bactérias gram-negativas


As bactérias classificam-se em gram-positivas e gram-negativas, baseando-se no seu aspecto quando são coradas e se vêem ao microscópio. Por um lado, os causadores da maior parte dos casos de pneumonia são pneumococos e estafilococos, bactérias gram-positivas. Por outro lado, as bactérias gram-negativas, com a Klebsiella e a Pseudomonas, provocam uma pneumonia que tende a ser extremamente grave.

Os pulmões de adultos saudáveis raramente são infectados por bactérias gram-negativas. Os infectados com maior frequência são as crianças pequenas, assim como as pessoas de idade avançada, os alcoólicos e as pessoas com doenças crónicas, especialmente com alterações do sistema imune. As infecções por bactérias gram-positivas adquirem-se geralmente em ambientes hospitalares.

As bactérias gram-negativas podem destruir com muita rapidez o tecido pulmonar, tendendo por isso a agravar de forma rápida a pneumonia provocada por uma bactéria gram-negativa. A febre, a tosse e a falta de ar são frequentes, e a expectoração eliminada pode ser espessa e de cor avermelhada (cor e consistência semelhantes à geleia de groselha).

Dada a gravidade da infecção, o indivíduo é hospitalizado para submeter-se a um tratamento intensivo com antibióticos, oxigénio e líquidos endovenosos. Às vezes, é necessário um tratamento com respirador. Mesmo com um tratamento totalmente adequado, morrem cerca de 25 % a 50 % das pessoas que sofrem de pneumonia causada por uma bactéria gram-negativa.



Política de Privacidade Termos de Utilizaçao Direitos Reservados © 2006 MERCK SHARP & DOHME PORTUGAL Merck & CO., (USA)