Merck Sharp & Dohme - Portugal
MSD Portugal Publicacoes MSD
Pesquisa
IntroduçãoAjuda


Imprimir Enviar Artigo

Parassónias


As parassónias são sonhos e actividades físicas particularmente vividas que se apresentam durante o sono.

Durante o sono podem ocorrer diversos movimentos inconscientes que na sua maioria não se recordam e que são mais frequentes nas crianças do que nos adultos. Exactamente antes de conciliar o sono, praticamente todas as pessoas sentiram por vezes um tremor breve e involuntário de todo o corpo. Alguns têm também paralisia do sono ou breves alucinações. Normalmente, durante o sono as pessoas têm tremores esporádicos das pernas; os adultos podem ranger os dentes intensamente (bricomania), ter movimentos periódicos e sofrer pesadelos. Os estados de sonambulismo, as pancadas da cabeça, os terrores nocturnos e os pesadelos são mais frequentes nas crianças e causam grande angústia. As crises epilépticas podem manifestar-se em qualquer idade.

A síndroma das pernas inquietas (acatisia) é uma perturbação bastante comum que costuma aparecer exactamente antes de adormecer, particularmente entre os maiores de 50 anos. Sobretudo em situações de stress, as pessoas com acatisia experimentam um ligeiro mal-estar nas pernas, juntamente com movimentos espontâneos e incontroláveis das mesmas. Desconhece-se a causa desta perturbação, mas mais de um terço dos afectados têm antecedentes familiares. Por vezes, pode prevenir-se tomando benzodiazepinas antes de se deitar.

Os terrores nocturnos são episódios de medo com gritos e agitação e muitas vezes são acompanhados de sonanbulismo. Estes episódios costumam aparecer durante as fases não REM do ciclo do sono. Pode ser útil o tratamento com benzodiazepinas, como o diazepam.

Os pesadelos afectam crianças e adultos e são sonhos particularmente vividos e aterradores, seguidos de um despertar brusco. Os pesadelos verificam-se durante o sono REM e são mais frequentes em estados febris, situações de cansaço excessivo ou depois da ingestão de bebidas alcoólicas. Não existe um tratamento específico para corrigir a perturbação.

O sonambulismo é o acto de andar de forma semiconsciente durante o sono sem se aperceber disso e é mais frequente no final da infância e durante a adolescência. As pessoas não sonham durante os estados de sonambulismo; de facto, a actividade cerebral nesse período, embora normal, parece-se mais com a de um indivíduo desperto do que com a de um estado de sono. Os sonâmbulos podem murmurar de forma repetida e alguns magoam-se ao tropeçar em obstáculos. Geralmente, a maioria não recorda o episódio.

Não existe um tratamento específico para corrigir a perturbação. A tendência para o sonambulismo pode, por vezes, reduzir-se deixando uma luz acesa no quarto ou no corredor. Não se recomenda despertar o sonâmbulo bruscamente, dado que pode reagir com violência. Deverá desobstruir-se o caminho do sonâmbulo retirando os obstáculos ou objectos que possam partir-se e deverão também fechar-se à chave as janelas que sejam de fácil acesso.



Política de Privacidade Termos de Utilizaçao Direitos Reservados © 2006 MERCK SHARP & DOHME PORTUGAL Merck & CO., (USA)